sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Twilight - pré estreia

Meio clichê de blog, ficar contando os fatos cotidianos, eo sei.
Mas o dia de ontem merece por si só, ser contado.

Quarta feira - 23:35
Tentei inutilmente comprar um ingresso pra pré estreia de Crepúsculo.
Não me interprete errado, caro leitor, não sou tão irresponsável , do tipo: faço tudo de última hora.
Bem, talvez eo seja.Mas isso não vem ao caso.
Não havia comprado meu ingresso antes pois não tinha permissão de meus responsáveis, que em último instante, com muita súplica, consegui.
Estavam esgotados.

Quinta feira - 12:45
Estava almoçando.
Recebo uma ligação de uma amiga convidando-me pra ir com ela assistir a pré-estreia de crepúsculo.
Mas não tinha comprado ingresso antecipadamente com ela.
Ela sairia em trinta minutos.
A possibilidade dos ingressos estarem esgotados na bilheteiria era muito grande.
Mas eo ainda era Amélie Heringer, certo ?!
Certo.
Com coragem, e poucos vinte reais no bolso, fui.

Bilheteria
Em momento algum pensei que seria uma tarefa fácil.
Conseguir um ingresso pra pré-estréia de um dos filmes mais esperados do ano.
Mas devo dizer, que foi mais simples do que imaginei.
A princípio o filme legendado já estava esgotado, e lógicamente eo naum me rebaixaria a assisti-lo dublado.
Graças a minha incrível habilidade de persuasão, (ou lábia, como preferir) e a uma boa conversa com a moça da bilheteria, consegui.
Sim, o último ingresso era meu.

A fila.
Chegamos mais ou menos as 15 horas.
O filme começaria as 21:45. Seria uma grande jornada, e de fato foi mesmo.
Apesar de parecer loucura, já havia se formado uma pequena fila.
Não muito longa na hora em que cheguei.
Haviam algumas conhecidas minhas.
Passara-se horas e horas, sentada naquela fila que parecia crescer a cada minuto.
Foram muitos revezamentos para caminhada pelo shopping, muitas batalhas de uno, e detetive.
Acabei fazendo amizades na fila e dentro do cinema.

O jantar.
Acabei ganhando um jantar grátis!
Um grande e delícioso sanduiche da subway.
Quando estava juntando minhas coisas pra levar ao lixo, notei que na mesa ao lado havia um grupo de rapazes. E um deles me lembrava muito alguém. E em um milésimo de segundo um pensamento passou pela minha cabeça, e eo me lembrei .
Robert Pattinson. O ator que interpretaria Edward no filme que eo assistiria daqui a alguns minutos.
Não me contive, tirei uma foto dele.
Quando cheguei na fila mostrei o pseudo-Robert cover.
Em menos de cinco minutos, havia se formado um exercito de meninas loucas com meu celular na mão, que saíram shopping a fora , em busca de um desconhecido.
Uma busca perdida.
Não o encontramos no final.

O filme
Gritos, muitos gritos.
Devo admitir que me impressionei com o filme.
Esperava, algo menos real, talvez estivesse esperando uma decepção, que devo dizer, passou bem longe.
Posso traduzir o filme em poucas palavras.
Incrívelmente maravilhoso.
Com pequenas gafes de tradução, e algumas cenas importantes de conversa entre Bella e Edward que foram cortadas.
Tudo irrelevante na minha opinião.
A adaptação do livro para o filme ficou excelente.
E ao final tudo o que eo tenho a dizer é : Edward é realmente o vampiro mais irresistivelmente galante do universo.

2 comentários supimpas:

Armando disse...

nossa, nunca pensei que uma pre-estreia (ou preestreia, essa reforma me deixou confuso) de um filme pudesse render um post tao longo, com apenas um paragrafo dedicado ao filme... xD

Alinny Avelino disse...

lindo lindo o filme
nao vi na pre estreia
meus 17-anos-sem-carteira-de-motorista me impediram
fui na estreia e depois mais uma vez para apreciar o filme
new moon pre estreia com certeza