segunda-feira, 17 de agosto de 2009

De que planeta eu vim? Marte, talvez.


Não tenho costume de postar duas vezes no mesmo dia.
Mas hoje o dia está cinza, pedindo um segunto post.
Estava eu aqui, no ócio, ouvindo meus queridos e inspiradores beatles, e tive um flashback momentaneo, que lhes conto nas próximas linhas:

'Merda de dia.
Que ótimo, chuva.
Coloquei o capuz e continuei a volta da escola.
Por que nada dava certo?
Por que as pessoas nao sao capazes de respeitar as diferenças umas das outras de maneira pacífica e natural?
Ouví passos atrás de mim.
Mas, o povo já tinha ido embora sem mim, quem ficou pra trás afinal?
Oh, nao.
Ele vai te ver com essa cara de choro, sua idiota!
Limpa o rosto, limpa o rosto!
Anda rápido, talvez ele nao te veja.
Em vão.
- Perae - ele disse chegando mais perto - tá com pressa? - disse brincado.
- Não... é só ... fome. - tentei dar um sorriso.
- Que que aconteceu? - que hora mais oportuna pra receber atenção dele.
- Nada. - Meu primeiro impulso foi me fechar - Você me acha esquisita?
- Não. - Você é diferente.
- Ás vezes, ser diferente machuca, nem sempre ser eu mesma é bom, tento nao ligar pro que tão falando de mim, mas as vezes é difícil.
- Mas isso é o melhor em você! - Não entendi.
- Como assim?
- Você é você, sem medo do que os outros tão pensando, isso é que é legal em você.
Minha mente ficou alva.
Não tinha idéia do que responder.
Enquanto as palavras ainda boiavam na minha cabeça, e eu tentava uní-las de modo que fizessem sentido, chegamos a frente da casa dele.
- Até amanhã. - E sorriu
- Até - eu acenei.
O que tinha acabado de acontecer? '

Naquele dia, eu estava me sentindo uma ameba.
Fraca, sem posição, sem saber o que fazer.
Porque de repente, ser eu mesma nao era tão bom assim.
Mas a conversa que eu tive com aquele garoto, me fez ver, que a imagem que eu tinha de mim, era totalmente difernte da que as pessoas tem de mim.
Eu me via como uma fraca, uma estranha que não se adequava bem ao planeta em que vive.
Mas ele me mostrou que ao contrário do que eu via, ele me via como alguém forte, que impunha sua personalidade, independente do pensamento alheio.
E sabem, eu fiquei feliz com isso.
Percebi que sofrer pelo que os corredores dizem, é besteira, e que na verdade, eu nao era esquisita por ser de outro planeta, eles é que são seres estranhos, que nao conseguem se adaptar a alguém com idéias diferentes, tentam me envenenar contra mim mesma.

A normalidade me assusta.

Adeus,

Amie.


ps: gostei (calada) desse garoto por dois anos seguidos, nunca tentei nada, nem ele.
hoje somos amigos.
e ainda voltamos da escola juntos, quando dá.

8 comentários supimpas:

naniiiee disse...

>< ' tu és uma pessoa memorável, tua personalidade, para pessoas normais é de assustar,mais pra mim, tu é muito especial e tem um carisma intenso em tuas palavras em si.
Enfim, amiie sou tua fã,de verdade (: '

3beeijos,

Carlos Ferreira disse...

Menina,
Gracias, pelos elogios sobre o meu texto e blog.
Vou olhar o teu aqui e te respondo o que achei, viu?

Abraço!

Carlos Ferreira

Dreisse Drielle. disse...

Amie.
Quantos textos criativos e cheios de personalidade! Parabéns guria[é.. eu tb gosto dessa palavra.], li antigos textos seus, eu ri mto. *--* Parabéens mesmo.
Beeijos

Haniinha disse...

>< ' tu és uma pessoa memorável, tua personalidade, para pessoas normais é de assustar,mais pra mim, tu é muito especial e tem um carisma intenso em tuas palavras em si.
Enfim, amiie sou tua fã,de verdade (: ' 2 beeeijocas

Renesmee disse...

cara, seu blog é fantastico mesmo *-*
eu conheci vc pelo blog dos meninos do MFC.
é um dos melhores blogs que eu já vi em toda minha vida. sério mesmo. é bom saber que no blog dos meninos tem uma menina decente pelo menos OEIOEIOEIEOIEO

bjoox. carol

coletora de sonhos disse...

oi!!!

seu blog é MARA posta as suas músicas do blog?!
voce podia fla porque gosta de cada uma...

Deehh disse...

Amie, eu amo oq vc escreve aqui no seu blog :)
Vc pega e escreve o que pensa sem ter medo do que os outros pensam. Ah eu também vou fazer um tópico Top 5 no meu blog. Quando der, dá uma visitinha nele e diz o que axou tá?
Bjin!!

http://www.youngyinsane.blogspot.com/

Le F. Leal disse...

Todas as pessoas são diferentes e - ao mesmo tempo, por louco que seja - iguais. Alguns escondem que são iguais, alguns que são diferentes e outros (poucos, raros) não se escondem.