sábado, 1 de agosto de 2009

vendo por outros olhos


Estou em férias suínas até dia 10 .
Eu e toda rede estadual do paraná, e algumas instituições particulares.
E numa das andanças dos meus pensamentos inúteis, comecei a imaginar o que se passa na cabeça das pessoas ao meu redor.
Especificamente pessoas do meu antigo colégio, e do meu novo colégio.

Guria do antigo colégio particular:

" - Nossa, que burrice, ela foi mesmo pro bilacão.
Que idiota.
Os pais gastam com uniforme, material bom, e ela prefere o bilac?
Pessoa tem oportunidade de estudar num colégio bom, e ter um futuro brilhante, mas ainda assim prefere ter de conviver com aqueles marginais.
Como ela aguenta estudar naquele antro, cheio de ignorantes e gente que nao faz nem ideia de qual é a musica nova da britney.
E ainda acha que vai passar no vestibular, coitada.
Pobre imbecil.
Bom, pelo menos o cabelo dela é bonito. "

Guria do novo colégio público:

" - Meu Deus, o que esse ser que acaba de entrar na sala.
Pela bolsa, aposto que veio de colégio particular.
Aposto que é mais uma patricinha do baralho.
Esses endinheirados se acham tão melhores do que a gente, mas no fundo são tão podres quanto nós.
Olha a prova aí, a menininha do papai nao deu conta de estudar num colégio particular e teve que apelar pro bilacão pra passar de ano.
Que ridícula.
Deve se achar com esse cabelo liso.
Tomara que reprove aqui também. "


Claro que ninguém nunca me disse isso diretamente, mas muitas vezes os olhos das pessoas nos dizem mais coisas que a própria boca.
E é exatamente isso que eu vejo nos olhos das pessoas do antigo e do novo colégio.
Mudar de colégio foi uma decisão minha.
Que eu já havia tomado há muito tempo, e só agora meus progenitores resolveram acatar.
Simples assim.

beijocas do balaco baco pra voces.

Amie

3 comentários supimpas:

Vivi-chan Wikin disse...

Obrigada por responder!
Acho ateh positivo que seu professor te ache meio "Hiponga",afinal eles sempre respeitaram a natureza,procuraram caminhos de viver uma vida mais harmoniosa e se estressam menos na vida.
Pior foi uma vez que a professora de matematica implicou comigo pq eu tinha uma cabelaum enorme,ela achava que eu era burra,e se ferrou qd eu gabaritei a primeira prova,eu amo matematica,ateh ja quis ser engenheira,hehe
professor eh triste,viu Lol

vitoria disse...

Infelizmente as pessoas são assim, cheias de preconceitos, mas graças a Deus não são todas(apesar da maioria ser assim)! Se eu saisse do meu colegio(particular) e fosse para um publico, com toda a certeza eu passaria a mesma coisa q vc! Mas vc pode mostrar pra eles q vc não é assim, ai, vc vai ver todo mundo quebrar a cara! Ah, atoronnnn seu blog, me identifico muito com ele! Parabens, ;* !

Haniinha disse...

quando eu mudei para um colégio estadual aconteceu mais ou menos a mesma coisa, foi difícil me adaptar e fazer amigos, mas até que foi bom, conhecer pessoas novas, com o tempo eles entendem que você não é nojenta só porque veio de um colégio particualr. (: beeeeijos e queijos, atoron seu blog.