sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Amie entrevista - Mais meninos! parte 3

Essa semana tem sido corrida!
Vamos logo ao assunto.

O entrevistado de hoje é o Guto.
Paulo Augusto tem 16 anos, é o aluno mais inteligente da minha sala, e o maior pontuador do colégio na olímpiada nacional de matemática.
Uma boa companhia, Guto me acompanha à biblioteca todos os dias, dono de um vocabulário tão amplo quanto o meu, ele ainda tem tempo pra trabalhar e ir à igreja.
Como eu já disse a ele uma vez, "Um dia vou poder me gabar dizendo que andei por esses corredores do seu lado, e ninguém vai acreditar em mim."

A: Guto, você ocupa, merecidamente, o posto de aluno mais inteligente da sala, qual o segredo?
P: O segredo é estudar, estudar e estudar.
É claro que outras coisas também contribuem para a aprendizagem de conteúdos como: momentos para descanso e vida social. Dessa forma se tornar o aluno mais inteligente da sala é um posto que qualquer um pode alcançar.
C: Pra que estudar se um dia eu vou morrer? Brincadeira, queria eu ter força de vontade assim.


A: Você sempre foi esforçado assim?
P: Não. Nas séries iniciais eu tirava boas notas mas não gostava de estudar. Somente a partir do 2° Colegial que passei a levar o estudo realmente e sério, pois via que minhas notas escolares não se refletiam nos resultados obtidos em simulados de vestibulares.
C: Não dá pra imaginar um Guto menos nerd.


A: Você é o único aluno da escola que lê livros de matemática, o que acha disso?
P: Isso apenas demonstra o motivo da carência de profissionais na área das exatas para seguir carreira científica no Brasil. Mas ainda assim creio que não sou o único aluno que lê livros de matemática na escola, apesar de ter certeza que são poucos os que o fazem.
C: A biblitecária pro Guto: "Você pega livros ... estranhos" Hahaha.


A: Por que você acha que matemática é fácil e poesia é complicada enquanto para mim [Amie] é totalmente ao contrário?
P: Apesar de gostar de matemática ela é também um desafio para mim, porém tenho mais vontade de resolvê-lo que tentar entender o sentido de uma poesia. Isso porque a poesia como forma de linguagem e expressão possui diversos significados implícitos o que gera uma divergência de acordo com o ponto de vista do leitor, diferente da matemática que busca ser o mais compreensível possível. Certo físico disse uma vez: “Os poetas escrevem para não serem entendidos”.
C: Sou melhor com palavras do que com números, não me condene por isso.


A: Você é um menino muito recado, quase tímido. Qual foi a coisa mais ousada que você já fez ou disse para uma garota?
P: Essa é uma pergunta complicada de se responder pois a coisa mais ousada que eu disse certamente foi em segredo e deverá permanecer assim.
C: Ah safado! Hahaha, será que por trás desse Guto quietinho e tímido há um Guto safado e conquistador?


A: Você tem possivelmente um futuro brilhante pela frente, o que vai fazer da vida? P: No momento pretendo estudar Ciência(s) da Computação, ou fazer um curso na área das exatas (Matemática, Física...). Há momentos que penso em fazer direito, mas creio que essa não é a profissão certa.
C: Direito ??? Agora me surpreedeu!


A: Você me humilhava muito na guitarra tem alguma música ou solo favorito?
P: Eu não te humilhava, já que estávamos no mesmo nível de aprendizagem. Existem vários solos que gosto, mas um deles é o solo da música Glória do Oficina G3, interpretado por Juninho Afran. É claro que isso muda rapidamente com o tempo.
C: Humilhava sim. Eu na introdução ainda, e você lá longe solando feito um Slash da vida.


A: Diga algo sobre mim.
P: Pessoa educada, feliz e em quem sempre se pode confiar.
C: Feliz = Boba


A: Hebe Carmargo ou Oprah Winfrey?
P: Essa é uma pergunta muito complexa, e pode-se dizer que não pertence ao conjunto dos números reais =).
C: Resposta típica do Guto.


A: No dia que você tiver um filho e ele não apresentar o mesmo amor pela matemática, vai ser uma grande decepção?
P: Não, apenas quero que siga a carreira que goste.
C: Os filhos do Guto terão pesadelos com números.


A: Manda um salve ae pra galera da xurupita, pras minhas leitoras, pra sua mãe, uma declaração de amor, qualquer coisa.
P: Bom dia.

7 comentários supimpas:

Anônimo disse...

que menino estranho O_O

Haana disse...

que medo desse menino Oo NUHSADBISAD

Paulo Augusto disse...

KKKKK. Também acho.

Caio Timbó disse...

Esse cara parece comigo! Só que ele é um pouco mais estranho. o.O
Eu acho...

Adorei o blog!:D
Bjo

Amelie Heringer disse...

Hahaha.
Fala sério gente, o Guto é bacana vaai?!

Anônimo disse...

que medo desse menino...que merda é essa no final?

Armando disse...

UUUUUUUU
adorei o determinante no finaaal!
õ/